Como funciona a previdência privada?

O investimento em produtos de previdência privada é muito semelhante às aplicações em fundos de investimentos. As entidades seguradoras reúnem recursos de diferentes indivíduos e fazem a gestão dos valores de acordo com o regulamento e estratégia de cada produto, podendo ter perfil conservador ou mais agressivo.

A diferença da previdência privada em relação aos fundos está nas características fiscais, o que pode ser uma grande vantagem ou resultar em perdas, pois você pode acabar pagando mais impostos do que se tivesse o dinheiro investido em fundos.

EXISTEM DOIS TIPOS PRINCIPAIS DE PLANOS DE PREVIDÊNCIA:

PGBL: Os depósitos feitos podem ser deduzidos da base de cálculo do imposto de renda, gerando um benefício tributário imediato. Na hora de receber o benefício no futuro, no entanto, a tributação será sobre tudo o que estiver aplicado. Ideal para pessoas que fazem a declaração completa do IR.

VGBL: Não permite dedução fiscal dos aportes do ano, porém a tributação, lá na frente, será apenas sobre a rentabilidade e não sobre o total. Ideal para pessoas que fazem a declaração simplificada do IR.

Para saber mais clique em Guide Life.